Trabalhei com um professor universitário de empreendedorismo há alguns anos atrás e ele me contou sobre uma técnica para abrir seu próprio negócio que me ajudou demais na mentalidade em construir isso.

Eu chamo isso de Plano A, Plano B

Planejamento

Plano A

Plano A seria seu trabalho atual. O que você está fazendo hoje e o seu plano de carreira dentro de alguma empresa. Você vai para a empresa, trabalha no que deve ser entregue, adiciona valor para a organização e é recompensado por este trabalho

Plano B

Plano B é o seu sonho, é a sua futura empresa, a sua futura startup, o projeto que você tem vontade de fazer decolar. O lance é: para tirar algo do zero, você deve colocar muito mais esforço do que imagina. Mover qualquer coisa da inércia exige muito mais esforço do que apenas manter.

Como você deve saber, o Plano B acaba sendo mais difícil porque exige de você uma série de habilidades que você não conhece. Você vai ter que aprender a cuidar de suas finanças, dividir o que é dinheiro da empresa e o que é seu dinheiro, vai ter que aprender a fazer marketing, a vender seu peixe, a manter um alto nível de entrega de serviço, entre outros.

Juntando as visões

Logo quando eu lancei minha 1ª startup eu não tinha noção de nada disso. Foi na minha 5ª empresa que eu realmente consegui fazer o negócio decolar às alturas. O que mais me manteve conectado foi ver a quantidade de valor que a gente entregava às outras pessoas. Nós profundamente transformamos pessoas com o serviço que a gente prestava.

Sim vai ser difícil. E é por isso que a gente se mantém no propósito. É por isso que a gente está construindo algo que as outras pessoas não estão fazendo.

Acordar de manhã e sair com vontade verdadeira de trabalhar é impagável. Espero que você use este toque de positividade para iniciar o seu próprio.

Comece sua Jornada Empreendedora

Aprenda com Felipe Barreiros as Habilidades Essenciais para se tornar um Líder Empreendedor